Problemas no desempenho sexual? saiba como resolver descubra agora

Os problemas no desempenho sexual são mais comuns do que muita gente imagina. Esse tipo de distúrbio pode ocorrer em qualquer idade, mas geralmente atingem homens com mais de 40 anos.

Por ser considerado tabu, muitos homens acabam não procurando qualquer tipo de ajuda. Com isso, os problemas só se agravam, afetando não apenas o aspecto sexual, mas também a autoestima.

problemas no desempenho sexual

Muita gente não sabe, mas existem várias maneiras de tratar problemas no desempenho sexual. Através desses tratamentos é que você poderá retomar a vida sexual normalmente, e ainda melhorar outros aspectos.

Quais as principais causas dos problemas no desempenho sexual?

Antes de falarmos dos tratamentos e dicas de como resolver problemas no desempenho sexual, é importante esclarecer as principais causas deles. A maioria dos homens não sabe, mas vários fatores podem afetar esse aspecto.

problemas no desempenho sexual

Separamos algumas delas abaixo. Confira:

1. Problemas Hormonais

Um dos fatores mais comuns que desencadeia esse tipo de distúrbio são problemas hormonais. O corpo do homem precisa de níveis adequados de testosterona para ter ereções e conseguir controlar as ejaculações.

Quando os níveis estão baixos demais, é possível ter dificuldades durante o sexo. E esses distúrbios hormonais podem ocorrer por vários motivos. Desde o excesso de estresse até má alimentação.

2. Colesterol elevado

Mais um dos fatores que pode contribuir com o desenvolvimento de problemas de desempenho sexual é o colesterol elevado. Isso porque, o excesso dele provoca o estreitamento dos vasos sanguíneos.

Por conta disso, o sangue não consegue chegar de forma suficiente a região peniana atrapalhando assim as ereções e ejaculações. Isso sem contar que ele também pode desencadear uma série de outros distúrbios.

3. Diabetes

Sem sombra de dúvidas esse é um dos fatores que pode afetar mais o desempenho sexual, bem como o funcionamento do corpo como um todo. Essa doença prejudica diretamente os vasos sanguíneos.

Além disso, ela também afeta os nervos do pênis. Com isso, o homem passa a ter dificuldades de manter ereções, principalmente por períodos mais prolongados.  e também os nervos do pênis, atrapalhando no desempenho sexual.

4. Excesso de estresse

Outro dos fatores que também pode ocasionar problemas no desempenho sexual é o excesso de estresse. Os níveis elevados de cortisol afetam diretamente a produção de testosterona.

Consequentemente o pênis não consegue ter ereções. Sem falar que o estresse também pode gerar uma série de outras consequências, podendo levar até mesmo a depressão.

5. Ansiedade e insegurança

Ao contrário do que muitos homens pensam, não são apenas fatores físicos que afetam o desempenho sexual. A ansiedade e a insegurança também podem prejudicar o desempenho.

Muitos homens acabam se sentindo ansiosos durante o ato sexual. Ficam pensando que podem não agradar, ou que precisam ter um desempenho X.

Com isso, acabam não conseguindo ter ereções. E justamente por conta disso, nas próximas vezes também são afetados, uma vez que brocharam uma vez.

Logo, ao procurar por tratamentos para problemas de desempenho sexual, é importante entender que vários aspectos precisam ser tratados. Não só a parte física, mas também a emocional.

6. Depressão

A depressão é uma faca de dois gumes. Isso porque, ao mesmo tempo que ela pode desencadear disfunções, a impotência também pode gerar a depressão.

Um homem deprimido tem dificuldades de ter um bom desempenho. E ao mesmo tempo, um homem que sofre de depressão acaba ficando com a autoestima baixa, o que irá prejudicar diretamente o aspecto sexual.

Por conta disso, é importante buscar ajuda médica. Em muitos casos, não basta tratar apenas a impotência, é preciso focar no tratamento de outros distúrbios que estão desencadeando-a.

7. Neuropatias

As doenças do sistema nervoso também podem gerar problemas de desempenho sexual. As ereções correm por uma combinação equilibrada de estimulo, hormônios e mensagens enviadas pelo cérebro.

Se um desses aspectos estiver desregulado, dificilmente será possível ter uma ereção duradoura. E as neuropatias afetam justamente as mensagens enviadas pelo cérebro.

O seu cérebro passa a ter dificuldades de fazer as ligações necessárias para a ereção, mesmo com você tendo a quantidade de hormônios necessária, e o estimulo adequado.

8. Doenças penianas

As doenças penianas também podem desencadear problemas de ereção e ejaculação. Existem uma série de distúrbios que podem causar deformidades no pênis.

A fibrose peniana, por exemplo, é caracteriza pelo desenvolvimento de um nódulo interno no pênis. Essa protuberância, além de dificultar as ereções, pode gerar o encurtamento do pênis.  

Por conta disso que é importante ficar de olho em qualquer coisa diferente no membro. E assim, caso você note alguma coisa diferente, é necessário procurar um médico imediatamente.

Esses são apenas alguns dos fatores que podem desencadear problemas de no desempenho sexual. Existem uma série de outros itens que também podem prejudicar.

Por conta disso, é importante que você procure ter hábitos saudáveis no seu dia a dia.

Dicas para acabar com os problemas de desempenho sexual

Para acabar com os problemas de desempenho sexual, é importante colocar algumas dicas em práticas. Com elas, além de ter mais sucesso na cama, você também verá resultados no seu dia a dia.

problemas no desempenho sexual

1. Procure um médico

A primeira coisa que você precisa fazer é procurar um médico. É esse tipo de especialistas que poderá avaliar o seu caso, e identificar qual a raiz do problema.

Somente então é que será possível buscar tratamentos mais adequados. Por exemplo, se for uma questão hormonal, o profissional pode prescrever o uso de medicamentos para regularizar a produção de hormônios.

Agora, se for uma questão emocional, o médico irá te encaminhar para um psicólogo. Com ele você poderá realizar terapias para tratar os fatores emocionais que estão desencadeando o problema.

2. Diminua o estresse

O estresse é um dos fatores que contribuem com a impotência. Isso porque, os níveis de cortisol elevados podem atrapalhar a produção de hormônios essenciais para o funcionamento do aparelho sexual, como a testosterona.

Logo, procure formar de aliviar o estresse. O ideal é que você tenha algum hobbie que possa te ajudar a relaxar, e assim se manter mais tranquilo no dia a dia.

3. Tome suplementos potencializadores

Muitos homens não sabem, mas existem vários suplementos que podem potencializar o desempenho sexual. Basicamente, eles repõem os nutrientes que o seu corpo precisa para melhorar as funções sexuais.

Existem várias alternativas disponíveis no mercado, contudo, nós indicamos o Turbo Maca . Esse é um potencializador sexual que fará toda a diferença no seu dia a dia.

Feito com maca peruana, ele consegue: aumentar a libido, gear ereções mais fortes e duradouras, auxiliar no controle das ejaculações e muito mais.

O melhor de tudo é que, como ele é feito de forma 100% natural, ele consegue funcionar em todos os tipos de organismos. E sem qualquer tipo de efeito secundário.

4. Mantenha uma alimentação adequada

Pode não parecer, mas a alimentação também interfere diretamente no seu desempenho sexua. Se você consome muitos alimentos industrializados, processados e refinados, por exemplo, o colesterol acaba aumentando com facilidade.

Consequentemente, os vasos sanguíneos são afetados.

O ideal é que você mantenha uma alimentação rica em alimentos saudáveis e naturais. Verduras, vegetais, grutas, legumes tudo isso deve estar no seu cardápio diário, de modo a melhorar o seu desempenho.

5. Evite o cigarro e as bebidas alcoólicas

O cigarro e as bebidas alcoólicas também são fatores que podem desencadear a impotência. As substâncias presentes nesses produtos afetam o seu corpo de diversas maneiras.

Além de afetarem a circulação sanguínea, eles também podem prejudicar a produção de hormônios e ainda causar queda nas funções cerebrais. Dessa forma, além de afetar o seu desempenho na hora H, eles também podem desencadear uma série de problemas.

6. Faça exercícios físicos

Os exercícios físicos auxiliam diretamente na regulação do organismo. através deles, você poderá normalizar desde a produção hormonal do seu corpo, até as funções cerebrais.

O ideal é praticar ao menos 30 minutos de atividades físicas todos os dias.

Essas são apenas algumas das dicas e hábitos que você deve adotar. Você verá que em pouco tempo, não só o seu desempenho irá melhorar, mas também vários outros aspectos da sua saúde.

Conclusão

Quem sofre de problemas no desempenho sexual não pode encarar o assunto como um tabu. Quanto mais tempo a pessoa ignora a existência desse tipo de distúrbio, mais grave ele pode se tornar.

Hoje já é possível tratar desse tipo de problema com várias alternativas. E uma das mais simples e eficazes é o uso de suplementos estimulantes. Através deles, você conseguirá que o seu organismo funcione de maneira correta.

Com o Turbo Maca você nunca mais terá esse tipo de problema. Com ele, o seu desempenho sexual irá aumentar, e você poderá ter maravilhosas noites de prazer.

O grande diferencial desse suplemento em cápsulas é que ele é feito de ingredientes naturais. Com isso, você não terá qualquer risco de ter efeitos colaterais. Você terá apenas ereções mais duradouras, e deixará de lado a impotência.

Então não deixe de garantir agora mesmo o seu Turbo Maca. Você verá que com ele, os problemas no desempenho sexual irão desaparecer!

Leia mais sobre Turbo Maca X : Turbo Maca X funciona mesmo ? {{ Descubra agora se é golpe }}

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!